Welcome

Say hello to the toggle bar. This is an optional section you can use to display any content you'd like. Simply select a page from the theme panel and the content of the page will display here. You can even use the drag and drop builder to create this! This is a perfect place for your company mission statement, alerts, notices or anything else.

Get In Touch

Email: support@total.com
Phone: 1-800-Total-Theme
Address: Las Vegas, Nevada

Our Location

togglebar-map

(12) 99156-1185 valegospelnoticias@yahoo.com.br

 BOLSONARO NEGA CENSURA NA ÁREA DA
CULTURA E DIZ DEFENDER OS VALORES CRISTÃOS

 

Declarações do presidente ocorrem um dia depois de a Folha acusar estatal de fazer “censura prévia”.

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), negou neste sábado (5) que esteja promovendo censura na área da cultura, mas que apenas busca preservar os “valores cristãos” e da família.

Bolsonaro disse que a intenção não é perseguir, mas que o Brasil mudou e por isso o dinheiro público não será mais usado para promover obras que vão contra valores da sociedade.

“A gente não vai perseguir ninguém, mas o Brasil mudou. Com dinheiro público não veremos mais certo tipo de obra por aí. Isso não é censura, isso é preservar os valores cristãos, é tratar com respeito a nossa juventude, reconhecer a família”, afirmou o presidente.

A fala do presidente se deu em uma videoconferência transmitida no 3º Simpósio Nacional Conservador, em Ribeirão Preto (SP), um dia após a Folha de São Paulo acusar o Poder Executivo de estar promovendo censura.

O jornal considera que a Caixa Econômica Federal criou um tipo de “censura prévia” a projetos culturais realizados em seus espaços em todo o país.

No entanto, as novas regras teriam o objeto de evitar a promoção de mostras que visam desconstruir a cultura cristã e que prejudicariam os jovens e a família.