Welcome

Say hello to the toggle bar. This is an optional section you can use to display any content you'd like. Simply select a page from the theme panel and the content of the page will display here. You can even use the drag and drop builder to create this! This is a perfect place for your company mission statement, alerts, notices or anything else.

Get In Touch

Email: support@total.com
Phone: 1-800-Total-Theme
Address: Las Vegas, Nevada

Our Location

togglebar-map

(12) 99156-1185 valegospelnoticias@yahoo.com.br

SARAH SHEEVA: “QUALQUER PESSOA QUE SE SUICIDAR PERDERÁ A SALVAÇÃO”

 

Sarah Sheeva, pastora conhecida por suas declarações polêmicas e peculiares, comentou a morte do pastor Jarrid Wilson em sua conta no Instagram e declarou que desistir da vida, um dom divino, é rebelião contra o Criador.

O debate sobre o tema se intensificou no meio cristão porque o suicídio de Jarrid Wilson ocorreu durante a campanha de prevenção Setembro Amarelo, e principalmente, porque o caso do pastor é mais um de uma série de líderes evangélicos que atentaram contra a própria vida.

Uma frase de Wilson – que se dedicava a ajudar pessoas com depressão e tendenciosas a tirar a própria vida com a ONG Anthem of Hope – foi o centro do comentário de Sheeva nas redes sociais. O pastor disse, certa vez, que “amar a Jesus nem sempre cura pensamentos suicidas”.

A pastora – criadora do Culto das Princesas – discordou de Wilson, que atuava como pastor auxiliar na megaigreja Harvest Christian Fellowship, na Califórnia (EUA). “Amar a Jesus cura os pensamentos suicidas sim. Amar a Jesus cura a depressão sim. Amar a Jesus cura a ansiedade sim. Sabe por que cura? Porque quando você ama a Jesus Cristo, mais do que a si mesmo, então você põe Ele na frente de sua vontade e, por causa disso, jamais desiste da vida”, escreveu.

“Desistir da vida é sim um ato de grande rebelião contra a vontade de Deus e contra o dom da vida. (…) Dizer que ama a Jesus, e tirar a própria vida, é sim mentir para si mesmo. (…) O suicídio leva pro inferno sim. Não perca a sua salvação por rebeldia”, acrescentou.

Segundo a linha de interpretação teológica adotada por Sarah Sheeva, Deus não perdoa os suicidas: “Não acredite nessa mentira de que Deus perdoa o suicídio. Suicídio é pecado gravíssimo. (…) A não ser em caso de possessão demoníaca e possessão por um espírito humano satanista, onde a pessoa está fora da própria consciência, qualquer pessoa que se suicidar perderá a salvação sim. Diga a verdade para as pessoas. o céu é real, mas o inferno também é”, finalizou.

Opinião de Sarah Sheeva

Amar a Jesus CURA os pensamentos suicidas sim.

Amar a Jesus CURA a depressão sim.

Sabe porque cura?

Porque QUANDO você ama a Jesus Cristo (Mais do que você ama a si mesmo).

ENTÃO você põe Ele (a obediência a Ele) NA FRENTE DA SUA VONTADE, e por causa disso você jamais desiste da vida!

Desistir da vida e interrompê-la por conta própria, é sim um ato de GRANDE REBELIÃO contra a vontade de Deus, e contra o DOM DA VIDA dado a nós por Ele!

Comentários

“Creio que a salvação é condicional e a orientação é : ” Se fiel até a morte e dar-te-ei a coroa da vida” Ap. 2.10. Não importa as circunstâncias, o homem em si, não tem autonomia para tirar a vida. Toma alma pertence ao Senhor, independente ou não, se o sujeito se converter a Cristo Jesus. Paulo nos diz que: “quem nos separará do amor de Deus, a fome….Lêem Em 8.35-39. o que nos falta nos dias atuais e examinarmos as Escrituras somente elas nos conduzirá as mansões celestiais. E, é claro que as promessas são para os que crêem. Que Deus nos abençoe”. (Cláudio Ignacio da Costa).

“Os suicidas não têm parte no Reino, palavras do eterno e ponto final”. (Tiago Mendes).

“O senhor Jesus disse; Aquele que destruir o templo, eu o destruirei no último dia.. O nosso corpo é templo e morada do Espírito Santo.. O nosso corpo é membro do corpo de Cristo, teremos então o direito de invalidar um membro do corpo de Cristo? Dentro de cada um de nós há um Espírito de vida que nos foi concedido pelo sopro da própria vida do Criador, quando ele soprou nas narinas do homem, que assim o criou com suas próprias mãos, imagine com quão grande perfeição ele criou esse corpo, o qual ele tornou a sua imagem e semelhança. Por isso o Senhor Jesus disse que aquele que destruísse o templo, no último dia ele o destruíra, destruiu o que Deus criou, foi rebelde, desprezou a glória de Deus, não valorizou a obra das mãos do Criador. (Maria Luiza Ribeiro).

“Não é nosso amor que cura. Mas é o amor Dele. Porque Deus amou o mundo de tal maneira para que todo aquele que nele crê, não se pereça (se suicide) mas tenha a vida a eterna. Crer que Deus me ama e Jesus me ama. Isso sim me cura”. (Alessandro Rombola).

Fonte: Tiago Chagas e Guia-me.